O moderno teatro chinês: desenvolvimento, percalços e pós-modernidade

Márcia Schmaltz

Resumo


É dito que existem três possibilidades quanto à entrada de espécimes exóticas em um dado ecossistema: sobrevivência, extinção ou mutação. Na China, também é observado este fenômeno similar nas artes cênicas, quando o teatro moderno realista ocidental foi transplantado a seu sistema cultural. Este artigo apresenta o panorama do desenvolvimento do moderno teatro na China. Para tanto, inicia-se por uma breve descrição do teatro tradicional chinês para depois expor o contexto da introdução da arte dramática ocidental, os seus principais períodos teatrais e encenações.


Palavras-chave


Teatro moderno; História do teatro; China

Texto completo:

PDF

Referências


CHUNG, Ming de. Xiandai xiju jiangzuo: cong xieshi zhuyi dao houxiandai zhuyi [O teatro moderno: do realismo ao pós-modernismo]. Taipei: Bookman, 1995. 276 p.

DING, Luonan. Ershi shiji Zhongguo xiju zhengtiguan [Panorama do teatro chinês no século XX]. Xangai: Wenyi, 2009. 298 p.

FAIRBANK, John; GOLDMAN, Merle. China: uma nova história. Tradução de Mariza Mota. Porto Alegre: L&PM, 2006. 520 p.

HUANG, Zuolin. “A supplement to Brecht’s ‘Alienation effects in Chinese acting’”. In TATLOW, Antony and WONG, Tak-wai (eds.) Brecht and East Asian Theatre: The proceedings of a Conference on Brecht in East Asian Theatre. Hong Kong: Hong Kong University Press, 1982. 14 p, (p. 96-110).

LIAO, Ben; LIU, Yanjun (2007). “Huaju: quanqiuhua jincheng zhong de yishu chuanbo yu zhuanxing” [Drama: a difusão da arte e sua transformação no processo de globalização]. Disponível em:

http://www.chinawriter.com.cn/bk/2007-03-27/27870.html. Acessado em: 31 de ago. de 2012.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.