Escola de Teatro Célia Helena Notícias Célia Helena abre vagas para pós em Dramaturgia e em Atuação e Direção

Célia Helena abre vagas para pós em Dramaturgia e em Atuação e Direção

Inscrições para processos seletivos vão até a primeira semana de abril

A Escola Superior de Artes Célia Helena (ESCH) abre vagas para dois cursos de pós-graduação —  Dramaturgia: Cinema, Teatro e Televisão, e Artes da Cena: Atuação e Direção. As inscrições são feitas por meio do site da instituição até a primeira semana de abril.

Para participar da seleção é preciso enviar currículo e carta de interesse, explicando as motivações e expectativas em relação ao curso. Uma entrevista complementa o processo seletivo. “É o momento de esclarecer para o aluno todos os detalhes do programa”, diz Daves Otani, coordenador geral da pós-graduação. “Além disso, é uma filosofia da instituição: conversamos sempre com cada aluno, sabemos o percurso e os desejos de cada um.”

Encontros: ator Tiago Abravanel conversa com pós-graduandos do Célia Helena – FOTO: EDSON KUMASAKA

A pós-graduação na ESCH teve início em 2010, quando a escola foi pioneira em lançar o curso de Direção. A ideia era oferecer ao aluno um aprofundamento nas questões contemporâneas do teatro, da televisão e do cinema, mantendo uma característica fundamental do Célia Helena: a integração a teoria com a experimentação prática, da pesquisa com o trabalho artístico.

Hoje, a ESCH oferece cursos de pós-graduação em seis áreas das Artes Cênicas. Sendo de caráter lato sensu, os programas são bastante conectados a temas trabalhados a graduação, que tem avaliação máxima pelo Ministério da Educação. “Na pós, os conteúdos são analisados em uma perspectiva mais madura, permitindo ao aluno mais autonomia na condução de sua pesquisa”, explica Otani.

A pluralidade de ofertas só tem a contribuir para o enriquecimento da experiência do aluno. Com o pensamento de que o artista cênico deve trabalhar com uma visão integral de seus projetos, a ESCH proporciona disciplinas compartilhadas entre pós-graduandos de áreas distintas. “O diálogo artístico entre as diversas funções não é hierárquico, mas linear”, diz Otani. “Todos estão voltados para a criação, então a discussão e as interlocuções são fundamentais.”

Com trabalhos de destaque no cinema e na TV, João Miguel bate papo com alunos – FOTO: EDSON KUMASAKA

Para Lígia Cortez, diretora da instituição, a formação aprofundada é essencial para o artista. “A bagagem cultural que o ator precisa é imensa e cada vez mais necessária”, afirma, frisando que a dedicação à pesquisa e às atividades práticas auxiliam na construção de um pensamento artístico.

Além da possibilidade de seguir carreira artística, o aluno que conclui a pós-graduação na ESCH recebe o título de especialista, o que permite a docência em instituições de ensino fundamental e médio, bem como em cursos livres em sua área de formação. O trabalho de conclusão de curso também pode gerar um projeto a ser amadurecido em um programa de pós-graduação stricto sensu.

Saiba mais sobre os programas de pós-graduação da ESCH.

    Quer saber mais sobre nossos cursos? Cadastre-se e receba as novidades.





    Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support
    Icone WhatsApp