Encontro aberto

Virgínia Rosa, cantora e atriz, bisneta de indígena e filha de mineiros, com longa carreira nos palcos e nas telas, conversará com Solange Ferreira, professora da ESCH, sobre sua trajetória artística.
​​​​​​​

Dia 25 de novembro, 20 horas, pela plataforma zoom. Inscreva-se:
https://forms.gle/Ld6yiGycdboex8Cg7
​​​​​​​

Virgínia Rosa nasceu e cresceu em São Paulo ouvindo sua mãe cantarolar Elizeth Cardoso.

Seu pai, que quando jovem tocava sopro em banda de coreto no interior de Minas, tinha sempre um violão à mão e gostava de ficar cantando com as filhas: “Elvira Escuta” era a preferida. Na adolescência, ela e os primos formaram o Grupo Lógica e nos anos 80, Virgínia começou a cantar como vocalista da banda Isca de Polícia, de Itamar Assumpção.

Em meados da mesma década, tornou-se vocalista do grupo Mexe com Tudo, com o qual trabalhou por sete anos e excursionou para França e outros países da Europa. No início da década de 90, ela partiu para a carreira solo fazendo diversos shows. Seu primeiro CD, Batuque– com canções de Itamar Assumpção, Luiz Gonzaga, Lenine e Chico Science. Veio o segundo disco, desta vez com composições de Thomas Roth, Chico César, Herbert Vianna, Gilberto Gil e Luiz Melodia: A Voz do Coração.

Algum tempo depois, lançou Samba a Dois, seu terceiro disco. Nele, cantou Cartola, Candeia e novos compositores como Luísa Maita e Tito Pinheiro.

O musical Palavra de Mulher (em que canta músicas de Chico Buarque ao lado de Lucinha Lins e Tania Alves) que viajou por diversas cidades do país com enorme sucesso e foi lançado em DVD em 2015, continua na estrada. Já o show Na Batucada da Vida (com Célia e Lucinha Lins), no qual canta Carmen Miranda, roda o país desde 2005.

Na TV em 2015, Virgínia Rosa aceitou o convite do diretor Denis Carvalho para estrear como atriz e dar vida à personagem Dora (mãe de Camila Pitanga e Thiago Martins) na novela “Babilônia” de Gilberto Braga na Rede Globo de Televisão.

Em 2016/2017 Virgínia participa do Musical Cartola- O Mundo é Um Moinho representando Dona Zica da Mangueira ao lado de Flavio Bauraqui como Cartola e grande elenco.

Em 2017, Virgínia Rosa deu vida à personagem Madalena na novela “Pega Pega” na TV Globo.

Em 2019, Virgínia Rosa deu vida à personagem Durvalina na terceira versão de Éramos Seis na TV Globo.
​​​​​​​

Esperamos você!

    Quer saber mais sobre nossos cursos? Cadastre-se e receba as novidades.





    Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support
    Icone WhatsApp