O Mestrado em Artes da Cena amplia as possibilidades de atuação do artista da cena e o habilita a atuar no meio acadêmico e profissional de forma sistematizada, permitindo ainda que se torne um professor de ensino superior. 


Primeiro Mestrado em Artes da Cena direcionado à prática profissional no Brasil, o curso aprofunda os recursos práticos da profissão em duas linhas de atuação: Poética e Estética da Cena Contemporânea e Processos de Criação Artística, dando elementos teóricos que sustentam a atuação profissional, mas sobretudo, proporcionando que a prática de cada um se organize e desperte as próprias potencialidades; nesse aspecto, o curso permite uma finalização essencialmente prática, um trabalho artístico acompanhado de um memorial do processo (no entanto, pode-se optar pela tradicional Dissertação).


Tendo em vista avanços recentes na concepção de cursos de Mestrado Profissional, a ESCH já está estudando adequações que tornarão o Mestrado Profissional em Artes da Cena ainda mais dinâmico, flexível e plural, acompanhando a experiência de outros programas de referência da área de Artes.

As inscrições estão abertas até março de 2017 (agende sua prova). 

>> INSCREVA-SE AQUI <<

 

ESTRUTURA CURRICULAR
A estrutura curricular do Mestrado Profissional enfatiza a articulação entre conhecimento atualizado, domínio da metodologia apropriada e aplicação orientada para o campo de atuação profissional específico.


Constrói o amadurecimento por meio da investigação dos procedimentos criativos, profissionais e pedagógicos. Diferenciado na sua estrutura, o Mestrado Profissional torna o egresso um Mestre em Artes da Cena, balizado por um contato com professores-artistas com sólida carreira acadêmica e profissional, com o objetivo de desenvolver as seguintes aptidões:

– Tornar o egresso apto a lecionar no ensino superior;
– Investigar e aprofundar os procedimentos práticos da cena;
– Desenvolver um projeto próprio de pesquisa em Artes da Cena;
– Realizar um trabalho final de caráter prático e experimental;
– Inserir-se em espaço de integração com diversos artistas convidados ou incorporar experiências promovidas pelo espaço de integração com diversos artistas convidados.

PÚBLICO ALVO
O Mestrado Profissional em Artes da Cena é direcionado a graduados em quaisquer áreas de conhecimento e atuação no campo das artes, com atuação nas áreas de Artes Cênicas, Performance, Dança, Música, Artes Visuais, Cinema e outros profissionais de áreas correlatas às Artes da Cena.

TRABALHO DE CONCLUSÃO
Poderá ser uma Dissertação ou um Projeto de Prática Criativa em Artes da Cena, acompanhado de um memorial analítico.

PERÍODO
O Mestrado Profissional acontecerá aos sábados e em uma noite durante a semana (a definir). Algumas disciplinas serão ministradas em cursos condensados de uma semana de duração, em julho e dezembro, ou durante um feriado prolongado.

> INSCRIÇÕES ABERTAS AQUI

> EDITAL DISPONÍVEL PARA DOWNLOAD NESTE LINK

 Informações ou dúvidas em (11) 3884-8294 ou mestrado@celiahelena.com.br

 

O processo seletivo consiste em apresentação de Projeto de Pesquisa, uma prova teórica na área a partir de bibliografia disponibilizada em edital e entrevista.
– Edital disponível neste link
– Inscrições neste link até fevereiro de 2017 (agende dua prova)
– Aprovados para entrevista: serão comunicados por email para agendamento de entrevista
– Prova escrita: 1ª prova escrita agendada para 10 de dezembro, das 15h às 18h, demais serão agendadas e informadas por email
– Divulgação de resultado final
– Matrícula

POÉTICA E ESTÉTICA DA CENA CONTEMPORÂNEA

Linha de atuação que investiga, através de instrumentos teóricos e/ou práticos, conceitos fundamentais da Poética e da Estética das Artes da Cena, levando em conta contribuições da produção artística e da teorização da arte contemporânea. Compõem essa linha de atuação os seguintes projetos e professores: 

Teatro e Ambiente (Atuação e exploração de espaços): Dr. André Carreira
Este projeto estuda processos de interpretação considerando o conceito de ambiente e as possibilidades de uma interpretação a partir de estados anímicos. Trata-se de uma pesquisa teórico prática que reúne uma equipe de atores. 

Instável Núcleo de Estudos de Recepção Teatral: Dra. Giuliana Simões
Pesquisa acerca do modo de atuação do espectador em face da experiência teatral contemporânea. O grupo investiga o ato do espectador teatral ante as proposições cênicas contemporâneas. Realizamos encontros cênicos e debates performáticos que se configuram como estudos de recepção. 

Drama e Dramaturgia: fronteiras e permanências: Dr. Marcos Barbosa
Revisão dos conceitos aristotélicos de “representação”, “enredo”, “personagem-ação” e “fala”, em intersecção com a cena contemporânea. Investigação das categorias fundamentais da Dramática, sobretudo a partir do campo da poética aristotélica, para a compreensão crítica da produção dramatúrgica na cena contemporânea, através de suas diversas mídias. 

Arte, memória e construções identitárias: Dra. Sonia Goussinsky
Este estudo analisa abordagens bibliográficas sobre a memória, enquanto fenômeno individual e social, buscando aplicar o conhecimento ao campo das artes, entre polos plurais, em geral estereotipados entre os conceitos de popular/espontâneo e erudito/intelectualmente elaborado. A pesquisa visa investigar e refletir sobre as influências – em via dupla – e confluências de aspectos da memória em relação ao gesto criativo. A estruturação do trabalho se baseia na reflexão do ideário a respeito de arte, tradição oral, memória coletiva, identidade e criatividade.

PROCESSOS DE CRIAÇÃO ARTÍSTICA

Linha de atuação que considera as práticas criativas tanto como objeto de estudo quanto como procedimento de investigação, partindo da análise do amplo fenômeno da cena como prática de construção de conhecimento e de disseminação de saberes. Compõem essa linha de atuação os seguintes projetos e professores:

Improvisação teatral e a imagem da encenação em latência: Dr. Daves Otani
A presente pesquisa investiga as possibilidades que a improvisação oferece para diferentes abordagens do texto escrito, quer seja ele dramático, quer seja literário. O projeto reflete sobre os processos de aproximação ao texto priorizando aqueles que proporcionam uma ocupação espacial coletiva clara e levantam uma imagem, que chamamos de imagem da encenação em latência. O trabalho se estrutura por meio da busca das matrizes criativas que sustentam e orientam o intérprete na execução da ação improvisada, partindo da noção de análise ativa.

 O ator e a comicidade: Dra. Bete Dorgam
O ator e a abordagem das diversas possibilidades do cômico. Estudo e treinamento das máscaras teatrais do bufão e do palhaço. 

 

A utilização de imagens para investigação corporal/vocal do ator: Dra. Liana Ferraz
Por meio de linguagens oriundas de materiais objetivos e subjetivos, a pesquisa pretende investigar possibilidades de conexão corpo/voz para aprimoramento do ator. O presente projeto possui caráter teórico/prático.

 

Experimentos artístico-pedagógicos em práticas teatrais: Atriz Lígia Cortez
A pesquisa investiga os vínculos entre o teatro, teatro para crianças e adolescentes e dramaturgia contemporânea para jovens, tendo como eixo o pensamento e as práticas teatrais desenvolvidas na Rússia, no início do século XX. 


Processos de criação do texto teatral: releituras da tradição: 
Dramaturgo Samir Yazbek
A pesquisa organiza-se a partir da investigação dos processos de construção do texto teatral, abordando desde os procedimentos canônicos até a escrita contemporânea. O projeto tem como objetivo, a partir da experiência laboratorial, estreitar a relação entre a cena e a escrita teatral, verificando como, ao longo da história do teatro, a encenação e a interpretação dos atores, entre outros elementos do espetáculo, têm determinado de forma crescente a linguagem dramatúrgica, e como a linguagem dramatúrgica tem influenciado a construção do espetáculo teatral.

 

Núcleo de Pesquisa da Presença: Dra. Sônia Azevedo
O Núcleo dedica-se a desenvolver pesquisa do movimento cênico com foco no trabalho de criação individual, como alicerce do trabalho criador do grupo. Cada participante se encarrega de trazer suas questões em forma de cena e de desenvolvê-las no coletivo, os encontros são semanais com três horas de duração.  O Núcleo apresentou seus processos de trabalho no mês de junho num work in progress a partir da pesquisa E/F proposta por Rudolf Laban, ou seja procurar na relação esforço/forma tornar visível o invisível, transformar o desconhecido em conhecido.

De base improvisacional permite que seus integrantes investiguem seus próprios meios e modos de criar a partir do movimento e da pesquisa corporal. Além da investigação de processos visa elaborar cenas coletivas na tentativa continuada de responder a pergunta: de onde vem o impulso criador e como, para cada um, ele se deixa enformar visivelmente? Propõe-se também a apresentações abertas de seus resultados, tanto das pesquisas individuais quanto da pesquisa no coletivo.


Dúvidas:
(11) 3884-8294
contato@celiahelena.com.br

portal do aluno política de privacidade contato ouvidoria blog twitter facebook instagram youtube